sábado, 5 de junho de 2010


"Quando renunciamos aos nossos sonhos e encontramos a paz - disse ele depois de um tempo - temos um pequeno período de tranquilidade. Mas os sonhos mortos começam a apodrecer dentro de nós, e infestar todo o ambiente em que vivemos. Começamos a nos tornar cruéis com aqueles que nos cercam, e finalmente passamos a dirigir esta crueldade contra nós mesmos. Surgem as doenças e psicoses. O que queríamos evitar no combate - a decepçao e a derrota - passa a ser o único legado de nossa covardia. E, um belo dia, os sonhos mortos e apodrecidos tornam o ar difícil de respirar e passamos a desejar a morte, a morte que nos livrasse de nossas certezas, de nossas ocupaçoes, e daquela terrível paz das tardes de domingo."
Paulo Coelho

3 comentários:

  1. Por isso nunca podemos desistir de sonhar...

    Bjs =)

    ResponderExcluir
  2. Os sonhos nunca morrem , apenas adormecem no coração da gente...
    Lindo texto!!
    Bjoo

    ResponderExcluir
  3. Lindas palavras.
    É o escritor preferido de uma amiga minha e tenho que reconhecer que ele escreve ou escrevia ( nao sei se ja morreu) muito bem, admiravel *-*

    Beijos querida :D

    ResponderExcluir

You'll tell anyone who'll listen, but you feel ignored and nothing's really making any sense at all, LET'S TALK, LET'S TALK!