domingo, 6 de junho de 2010

Ando meio sozinha,


Estava querendo um tempo para mim. Um tempo no qual eu pudesse ser eu mesma, usar as minhas roupas simples, meu cabelo do jeito que eu gosto, andar descalça e livre.
Queria poder correr do meu jeito, pintar as unhas da cor mais forte e chamativa que puder.
Gritar e vibrar com a música na rádio, aquela que me toca profundamente e rir desesperadamente quando lembro que tenho ela e posso a ouvir quando quiser.
Vontade de conversar horas no telefone, e ao mesmo tempo de morar no Alasca em um chalé aconchegante e tomar café quente.
Queria ter um tempo meu, só meu .
"Através eu vi
Só o amor é luz
E há de estar daqui
Até alto e amanhã
Quem fica com o tempo
Eu faço dele meu
E não me falta o passo, coração"
Los Hermanos - Horizonte distante.

6 comentários:

  1. Tem horas que precisamos nos desligar do mundo mesmo e ter esse tempo só nosso, mas nem sempre isso é possível, né?

    Bjs...

    ResponderExcluir
  2. Ah, ja me senti tanto assim. *--*
    Espero que as coisas fiquem boas pra voce, fiquem do jeito que voce almeja pra si. Um lindo dia. (L

    ResponderExcluir
  3. Ah, acho que todo mundo precisa disso, faz a gente viver melhor, vá em busca do que precisa pra ganhar mais força e energia! :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. aaaaaah.. quem não quer um tempo ?
    até Jesus necessitava de tempo pra descansar, conforme mostra nos Evangelhos.
    ah, desculpe-me. cheguei falando, mas a PRIMEIRA IMPRESSÃO de seu blog foi muito boa e me fez adicioná-lo aos favoritos . rs .
    até ;*
    firstimpression.zip.net

    ResponderExcluir
  5. As vezes me sinto assim tbm..
    Hoje mesmo, eu tava maal.. tava querendo ficar só, não ver ninguém, mas bastou uma ligação pra me fazer querer ir correndo atrás do dono daquela voz que me encheu de conforto.
    Somos um paradoxo neh? Isso que é legal ;)

    ResponderExcluir
  6. Querer é poder, não se esqueça!

    Beijujubas

    ResponderExcluir

You'll tell anyone who'll listen, but you feel ignored and nothing's really making any sense at all, LET'S TALK, LET'S TALK!